contador

rastreador

Follow by Email

Páginas

sexta-feira, 14 de abril de 2017

A saudade talvez seja a prova mais difícil na vida. A gente chora pelo que não deu tempo de dizer, a gente ama e não pode mais abraçar. Mas também sorrimos, lembramos das bagunças, das conversas antes de dormir… Talvez a saudade não tenha fim e seja inevitável, assim como também não tem fim o que sempre será verdadeiro.
by Déh Lima

domingo, 8 de março de 2015

Subentendido

Eu preciso te dizer que... você está sendo forte. E provavelmente não sabe disso. Porque ter força não significa se sentir invencível, assim como ter coragem não significa não sentir medo. Significa continuar. Mesmo com medo, mesmo cansado, mesmo quase sem esperanças.
Quando você está sendo forte, às vezes não sabe disso. Provavelmente está se sentindo cansada e fraca, sem saber por quanto tempo mais vai aguentar o que quer que esteja te afligindo. Possivelmente está se sentindo mais próximo do seu limite a cada dia. E estar se mantendo em pé parece uma coisa automática. Talvez ninguém perceba o seu sofrimento, ninguém te dá uma estrelinha por cada passo dado. Mas, você continua caminhando, engatinhando, se arrastando se for necessário. Você só... continua.
Você está sendo forte e não sabe disso. Está sendo forte e eu estou te dizendo porque acho que alguém deve dizer, para que você continue sendo. Sabendo que um dia, quando isso passar, o que sobrar de você - e eu espero que seja algo muito bom - vai saber disso; e vai se sentir assim. E você vai poder olhar pra si mesmo e pro mundo com a cabeça mais erguida, com a fé mais fortalecida, com coração mais livre. Vai olhar para trás e se perguntar: "Ual, como eu passei por isso? Como eu aguentei?" e vai se responder: "Eu continuei."
Então, eu estou aqui, pra te dizer que você precisa continuar. Continue sendo forte como você nem imagina que é. Não importa o quanto se sinta cansada ou quebrada, sempre existe um motivo para ir em frente, e eu espero que você descubra o seu.
"Eu gosto mesmo é de gente que sangra.

 Que rasga o verbo, que arreganha a alma.

Sem meios termos, sem meias falas, sem 'advinhas'.


Gente reservada não cai, mas também não voa.


 Não aprende.

 Nem me surpreende."

Por traz de um sorriso



Acredito (e insisto nisso) que a gente sempre deve se colocar no lugar do outro. Ser menos egoísta, mais preocupado com o que o outro está pensando, fazendo, querendo. É evidente que você não vai parar a sua vida por causa da outra pessoa, mas se alguém é importante para você um pouco de cuidado e atenção sempre caem bem.

Segurança, turbulência e esperança.




A IMAGEM FICA SUBENTENDIDO OK ?


Auto-receita: Muita sinceridade, um pouco de braveza, baciadas de sensatez, uma pitada de ironia, caldos e mais caldos de intensidade, parceria na medida, ansiedade em doses cavalares, amor e gratidão em cada ingrediente conforme merecido. Loucura além da conta. Humor conforme as fases da Lua. Paciência é ainda um ingrediente desconhecido, em fase de descoberta, a ser estudado. Modo de preparo: Tudo misturado. A quantidade pode ser alterada dependendo de quem será servido. Todos os ingredientes estão sujeitos à alteração sem prévio aviso. Gostou? Bom apetite! Não? Um conselho: Come menos! Para paladares apurados e sem preconceito do que é novo, do que é velho, do que é de verdade, do que é único e do que é bom... 
Ah! Modéstia e autoestima imensas, em grandes quantidades, sem moderação.