contador

rastreador

Follow by Email

Páginas

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Converssa com Jesus

Sabe deus, as vezes me pergunto qual a razão de kda ser humano, acredito que tudo tem um porque,que tudo ta escrito e que kda um vem com uma missão.Sendo assim meu jesus, naum entendo o que ainda quer de mim???

Já caí, milhões de vezes, aprendi com meus erros, tive filhos,q naum estão comigo, que fizeram sua opções, e com certeza pq há algo errado em mim,então pergunto ao senhor?O que ainda quer de mim?

Porque naum me dxa descançar,naum quero mais ficar nesse mundo,sinto que minha missão foi cumprida, agora quero o descanço.

As vezes penso:como a existência do ser homano é engraçada, nascemos, crescemos e morremos, deveriamos pelo menos um vez em cada reencarnação ter o direito de escolher se quizermos voltar o tempo, apenas uma vez, faria tantas coisas diferentes senhor.

Mas como sei que naum posso voltar a tráz tenho apenas um pedido, deixe-me descançar..........................................





apucarana 22 de maio de 2009.





déborah
Nossos Pais descobrem que um ser está para nascer e trazer as suas vidas um brilho de luz.A cada sorriso, palavra, olhar ou suspiro, uma cachoeira de lágrimas parece inundar seus olhos de alegria e paz.Nos tornamos adolescentes e a busca pela independência é cada vez mais clara. A nossa vontade de conquistar espaço nos distância de quem sempre nos amará, esquecemos a família. Esquecemos de dizer o quanto os amamos.Mas um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus tira de nós o que mais amamos.Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada "meus pêsames" parece pesar.Nossos pensamentos divulgam para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca ter dito: "te amo"; "preciso de você", "estou sempre aqui", "me preocupo", e como se não bastasse vem à frase mais forte "a culpa foi minha".Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância.E a resposta para essa dor? O tempo e uma certeza:Quando amamos transmitimos em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais; quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido; quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós.E a culpa? A culpa é da vida que tem inicio, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto perder alguém.Mas o tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros.Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhantes, nossa vida conquista anjos. E no fim apenas a saudade e uma certeza:

daqui a 15 dias vou fazer uma cirurgia, e confesso estou com medo

sábado, 16 de maio de 2009


cada momento que sinto a falta de vcs meus sentimentos me transportam até vcs






As vezes me pergunto o que acontece com certos sentimentos dentro de nós?Sentimentos que passado (anos),continuam aqui,aqui dentro do peito como se fosse ontem que tivéssemos vivido.
Será que isso é o tal “amor verdadeiro”,que nunca passa?Acredito que sim,aquele sentimento que renasce a cada momento em que vc ouve a voz da pessoa ou quando fica sabendo de algo relacionado a ela,nos resta apenas a nos acostumar a viver com essa falta ou melhor dizendo:com essa perda,passou e a vida continua,com lutas e vitórias mas a vida continua .

À minha filha karen



Sabe minha filha, sinto tanto a sua falta,vc aqui pertinho d mim.
Queria poder acompanhar todas as suas fases, suas crises,alegrias,tudo q toda adolescente vive.
Vc é um sonho realizado, fruto de um grande amor e a menininha que toda mãe sonha em ter.
Mas mesmo não estando comigo no dia a dia sei que esta bem, e feliz, e se assim estiver eu tmb estarei,pq te amo muito,muito mesmo meu amorzinho deus sabe o quanto,se preciso fosse daria meu coração para vc.
Mas creio que tudo na vida tem um sentido e um motivo de ter acontecido espero um dia poder compreender td, aceito mas não entendo meu amor,sei q não sou uma mãe ruim,sou compreensiva e faço de tudo para que confie em mim dou o máximo de amor e carinho q posso à vc não posso compreender pq não está ao meu lado.

Mas td bem meu amor quero é q vc seja feliz, seja como ou onde for.





TE AMUUUUUUU DE TODO MEU CORAÇÃO.

quinta-feira, 14 de maio de 2009



"O modo de encarar as coisas"


Hoje meu coração está apertado e triste,não sei se é o passado q novament veio a tona ou ç meu presente não se adequa a minha vida.
Não consigo parar d acreditar em contos d fadas,em meus sonhos e uma vida simples e feliz.
Meus filhos comigo,um amor verdadeiro ao meu lado,.....

Ta td errado aki dntro d mim,meus sentimentos não condizem c/ mha realidade
As lagrimas rolem em meu rosto como um desabafo de dsespero,...
Me calo para o mundo nesse momento,mas pra ser sincera tenho vontade de gritar ao mundo,gritar bem alto e colocar p/ fora td q nesse momento arrebenta meu coração e mha alma;

Pq adultos não podem gritar?Se o fizerem serão considerados loucos,as crianças e q estão certas,(gritam,choram,e se aliviam).

Às vezes penso: Qual o propósito da vida de kda um?Será q existe mesmo?Ou estamos aki apenas por estar?Não,não mesmo,acredito q td tem um sentido d ser e acontecer,apenas ainda não entendi o meu..................................


O que realmente importa diante de tds problemas, não é como eles vem ou como se sente, mas sim a forma em que os encara para enfrentá-los,fazendo com que mesmo com tantos conflitos interiores a vida realmente vale a pena.



Déborh Lima

sábado, 9 de maio de 2009







O mesmo erro

Enquanto me reviro em meus lençóis
E mais uma vez não consigo dormir
Saio porta fora e subo a rua
Olhar as estrelas sob os meus pés
Recordar os justos que eu tratei injustamente
Então aqui vou eu


Olá, olá

Não há nenhum lugar aonde não possa ir
Minha mente está turva mas
Meu coração é pesado, não se nota?
Eu perco a trilha que me perde
Então aqui vou eu

oo oooooo ooo ooo oo oooo...

E assim eu mandei alguns homens à luta,
E um voltando morto a noite
disse "você viu meu inimigo?"
disse "ele se parecia comigo"
Assim eu parti para me cortar
E aqui vou eu

oo oooooo ooo ooo oo oooo...

Não estou pedindo uma segunda chance,
Eu estou gritando no topo da minha voz
Me dê razão, mas não me dê escolha,
Porque eu cometerei o mesmo erro outra vez,

oo oooooo ooo ooo oo oooo...

E talvez um dia nós nos encontremos
e iremos conversar e não apenas falar
Não acredite nas promessas
Porque eu não as cumpro
e minha reflexão me incomoda
e aqui vou eu

oo oooooo ooo ooo oo oooo...

Não estou pedindo uma segundachance,
Eu estou gritando no topo da minha voz
Me dê razão, mas não me dê escolha,
Porque eu cometerei o mesmo erro outra vez,


oo oooooo ooo ooo oo oooo...

Enquanto me reviro em meus lençóis
E mais uma vez não consigo dormir
Saio porta fora e subo a rua
Olho as estrelas...
Olho as estrelas, caindo
Eu desejo saber,
Onde foi que eu errei











"UMA FORMULA CHAMADA DOIS EM UM"












Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece umavez, geralmente antes dos 30 anos.Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada.Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, eque a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merececarregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gentecresce através da gente mesmo.Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um": duas pessoaspensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava.Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos compersonalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora dehora devem ser reprimidos.Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que osque transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis,e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto.Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma paratodos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, sãoalienantes, e que podemos tentar outras alternativas.Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente.Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muitoapaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar poralguém"

Déborah Lima
"SEMPRE RECOMEÇAR"

Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado. Às vezes nos falta esperança. Às vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos, recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa. Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar...é, nossa razão de existir. Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino. Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta o nosso coração pela falta de uma única pessoa. Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver, até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr de sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto, é a força da natureza nos chamando pra a vida. Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade. Você entende que o que para você era amizade, para outros era apenas conveniência, oportunismo. Você descobre que algumas pessoas nunca te disseram "eu te amo", e por isso nunca fizeram amor, apenas transaram... descobre, também que outras disseram "eu te amo" uma única vez e agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-los a reconstruir um coração quebrado.. Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores importantes... Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam, e certifique-se de que quando estão juntos aquele abraço, vale mais que qualquer palavra... Esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa te deixar, então nada irá restar. Aproveite sua família que é uma grande felicidade, quando menos esperamos iniciam-se períodos difíceis em nossas vidas. Tenha sempre em mente que as vezes tentar salvar um relacionamento, manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco, pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda mais intenso, do que teria sido no passado. Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário, existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo. Não procure querer conhecer seu futuro antes da hora, nem exagere em seu sofrimento, esperar é dar uma chance à vida para que ela coloque a pessoa certa em seu caminho. "A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna" A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é, que ela venha para ficar e não esteja apenas de passagem...


Déborah Lima

sexta-feira, 8 de maio de 2009


Nós sempre estaremos juntos!!


Nós sempre estaremos juntos
São em momentos de mais tristezas que paramos para pensar em o que aconteceu em nossas vidas.
As pessoas que por elas passaram; as coisas que fizemos e tudo que aprendemos.
São nesses momentos que começamos a lembrar de grandes amizades, que sempre estiveram presentes conosco quando precisávamos e que nunca poderíamos esquecer.
Amizades que, por mais longe que estivessem, nunca se separaram;
Amizades que, o tempo nunca foi capaz de apagar;
Amizades que, mesmo estando longe, estavas perto;
Amizades que a idade não as tornavam mais velhas porém, mais novas e unidas;
Amizades que uma crítica era um sinônimo de preocupação;
Amizades em que haviam discussões, mas sempre eram esquecidas por um abraço sincero e um pedido de desculpas;
Amizades onde a união sempre era algo fundamental no dia-a-dia;
Amizades em que o simples fato de estar perto já era sinônimo de segurança;
Amizades em que momentos tristes eram maneiras de comprovar que nunca íamos nos separar;
Amizades em que,quando menos esperávamos uma palavra amiga, ela soava e sempre quando mais precisávamos;
Amizades que sequer existiam mas, no momento de maior necessidade de um ombro amigo, apareciam e sempre nos fortaleciam;
Amizades em que um simples telefonema era algo que nos confortava e mantinha-nos seguros de que sempre teríamos alguém por perto.
São essas amizades de que sempre lembramos e sempre estarão conosco em nossos corações, mantendo-nos aquecidos, fortalecidos e seguros de que nunca estaremos sós!
E é assim que eu guardo vocês...
MEUS AMIGOS...
E é assim que eu quero ser guardada...
Como alguém que estará longe, mas sempre lembrará de vocês!


Déborah "para os amigs Dé".






“UM PEQUENO MENINO,UM GRANDE FUTURO”




Bom nada melhor para começar uma história,senão com otimismo e uma boa frase p/ refletir: (o amor transforma o mundo).
Td criança passa por fases,mas como agir qnd essas fases são precoces?Claro q além d buscar ajuda d um profissional,pessoas capacitads,nada melhor q o “amor”.
Um menino,vamos chamá-lo pelo seu verdadeiro nome Gustavo ( GU ),bom o Gu quando bebê era uma criança calma,quase naum chorava, a não ser ç tivesse fome ou precisasse ser trocado,entrou na creche com 4 meses,afinal eu precisava trabalhar p/ nosso sustento,pois seu pai naum o assumiu,sabia da sua existência e sempre recebia meus telefonemas pedindo ajuda,contando sobre os problemas de saúde q o Gu passava,tinha bronquite, e sempre q o tp ficava seco tínhamos q passar mais tp no hospital d q em ksa,ele nasceu d 8 meses e seus pulmões ainda naum estavam bem formados,tomava mts remédios,tinha alergia a lactose,tomava um leite especial,por sinal mt caro,me lembro bem q só com o leite dele na época isso no ano de 2000 à 2003 eu gastava mais ou menos R$150,00,fora médico,remédios e tratamentos,precisava realmente da ajuda do pai dele,Osvaldo,mas naum pude contar com isso.
Sempre q ligava ele dizia q ia ajudar,pegava o nº d mha conta mas o dinheiro ou sua preocupação nunca chegou,naum assumiu nosso filho,dizia q era p eu entrar na justiça e procurar meus direitos.
Até q me cançei d esperar e procurei um advogado,como o processo foi gratuito, esperamos 6 anos pela sentença,até ai meu filho graças a deus tinha se curado das crises d bronquite,e a alergia a lactose já naum existia mais,era uma criança normal.
Eu pensava q apesar da ausência, e do carinho do pai ele naum precisava saber disso,eu sempre dizia q o pai o amava, estava longe mas tds os dias orava por ele e q um dia viria vê-lo,foi nisso q meu filho acreditou,eu me preocupava mt com o psicológico do Gu.
Com 6 anos d espera saiu a sentença,o pai dele veio d campinas p/ Apucarana p audiência e imaginem só, pra mnha surpresa ele me pediu um exame d dna.........

Sinceramente eu fiquei estarrecida naquele momento,olhava p ele na sala d audiência sem acreditar q ouvia aquilo,veio em mnha mente como num flech imagens d td q havia vivido com ele,quando namoravams eu acreditava nele, ele dizia q iríamos ficar junts pra sempre,estava separado d sua mulher e me faz acreditar q iríamos morar juntos,quando engravidei queria q eu tirasse o bebê,decepcionada com ele vim embora p/ Apucarana e dxei ele em campinas,mas td bem, voltei a realidade naquele momento e naum tendo outra alternativa concordei,pois passei a ver q seria a única forma d meu filho ter um pai.
Sabe naum era nem pelo dinheiro, pela pensão ou pela ajuda q ele teria q dar dali em diante, mas sim pelo amor q acreditei q o Gu teria, o carinho do pai, o sobre nome da certidão de nascimento e pelo fato d ele poder dizer duas palavras q acredito ser mt important na vida d uma pssoa, ( MEU PAI ).
Confesso q foi um dos piores dias d minha vida quando tive q ir até o laboratório p fazerms o exame.Quando cheguei lá com o Gu, o Osvaldo já estava lá na porta, mal olhou p/ gente,primeiro eu tirei sangue,depois ele e por último o Gu,nossa.... meu filho chorava mt com medo,eu o segurava no meu colo e o Osvaldo em pé na porta olhando,abracei meu filho bem forte contra meu peito e disse p/ ele naum ter medo, q eu estava ali com ele e td iria ficar bem, exame feito saímos sentei por um momento na sala d espera, dei leite pro Gu e chorava muito olhando meu filho,pensando q tipo de pai teria dado p/ ele e em td aquela situação q estavams vivendo,o Osvaldo parou na porta e ficou olhando pra nós,acho q ficou com peso na consciência,naum dizia nd só olhava,parado como uma estátua,eu disse apenas q td aquilo era desnecessário e q ele sabia q o Gu era filho dele,sabia q tipo d mulher eu era,me conhecia há anos, e q naum precisávamos passar por td aquilo,ele abaixou a kbeça, só então pegou o Gu no colo e deu um abraço nele.Perguntou se queriams comer alguma coisa,como estavams em jejum e com fome aceitei,fomos a uma lanchonete e depois ele nos dxou em ksa,se despediu e foi embora p campinas esperar o tal resultado do exame d dna, p/ só então assumir nosso filho.








Acho q uns 2 meses depois foi marcada nova audiência p/ dar o resultado da sentença.
Claro q já sabiams o resultado d td aquilo mas ele precisava d uma comprovação,espero q meu filho nunca faça uma mulher passar por isso,esqueci d mencionar q tive q pagar a metade do exame com o trato q qnd saísse o resultado ele me ressarciria o valor, feito isso o juiz abriu o envelope, disse à ele q era o pai, até brincou p quebrar um poko o gelo disse p/ Osvaldo q se ele naum assumisse a criança ele assumiria pq o menino era lindo e q sentiu q havia mt amor da mãe por ele, rs rs rs rs rs rs na sala......
Disse ao senhor Osvaldo q teria q me ressarcir o valor e começo a briga pelo valor da pensão,imaginem só, ele queria me dar R$ 50,00 d pensão por mês, esse valor naum dava nem p comprar um tênis p/ Gu,eu fiquei louca, depois d passar por td q passamos receber isso por mês,naum mesmo.O juiz disse p ele ser mais consciente do q seu filho precisava,então ele ofereceu 90,00 eu achei poko ainda e qnd vi q a história naum teria fim negociei 34% d um salário mínimo, ele naum queria aceitar até q o juiz convenceu ele,saíms d sala e esperaria alguns dias até q a certidão do Gu mudasse e fosse acrescentados o nome do pai e seu sobrenome,nos levou em ksa,se despediu do Gu e foi embora p campinas com a obrigação d dar mensalmente a pensão somente como um dever e naum como uma forma de amor por ajudar no desenvolvimento e futuro d seu filho.
Daí em diante, começou a ter mts dificuldads no desempenho escolar e desenvolvimento social do Gu na escola e com amiguinhos.Acredito q isso td mexeu mt com a kbeçinha d meu filho por mais q eu tentasse poupá-lo, foi bastante complicado.
Mas, naum posso dxar d dizer q sempre senti uma ligação muito forte entre o Gu e eu,claro q pq somos mãe e filho, mas meu parto foi bem complicado,o médico disse q eu corria risco d vida, ou eu ou o bebê poderiams morrer,afinal passamos uma gravidez muito difícil tive q trabalhar mt,ele nasceu d 8 meses,e quando o médico o tirou d dentro d mim todo sujinho e chorando, disse q estava td bem com ele e eu ainda estava viva, colocou o rostinho dele junto ao meu p eu ver q ele estava bem então ele parou d chorar na hora e quem começou a derramar lágrimas fui eu, de alegria por ele estar vivo, mas de desespero por saber q agora quem corria risco era eu afinal minha pressão oscilava o tp todo, e percebi a correira e preocupação dos médicos,nesse momento desmaiei,acordei no quarto, (viva), e logo trouxeram meu filho,foi realmente um dos momentos mais emocionantes d mha vida,luta e vitória por duas vidas,esse é um dos milhões d motivos q fazem com q há essa
ligação tão forte entre meu filho e eu.

Ficams um tp na ksa da minha mãe,poucos dias, até q vendemos a nossa ksa d Faxinal e compramos uma aki em apuk, essa q morams.Qnd viems morar aki eu ainda estava d dieta,mas minha mãe ficou aki acho q uns 2 ou 3 dias e minha vizinha q mau conhecia nos ajudou mt.
Logo consegui um trabalho, em uma loja d móveis, e vaga p Gu na creche,comecei a trabalhar e devagar as coisas foram melhorando graças a Deus.E o Osvaldo ( pai do Gu ),nem sinal d vida dava,nunca ligou sequer p saber se estavams vivos ou mortos,nunca mandou nem um centavo,até q quando o Gu estava com 6 anos saiu o processo e audiência como mencionei acima.
Porém o Gu e eu sempre batalhams mt,e vivems bem, com lutas mas bem,somos mt felizes,fazems praticamente td juntos, naum saio a menos q ele esteja comigo,é realment meu companheirinho.
Tem tido alguns problems na escola, de comportamento e preguiça, mas isso é fase, normal p idad dle e sei q vai passar.Sempre digo p ele q qnd ele crescer vou ter orgulho d ser sua mãe pq tnho certeza d q ele vai ser um grand homem,d mt sucesso e q o pai dele vai se arrepender d naum ter dado a ele a atenção e o krinho q precisou,e q vamos rir junts um dia d tds os probleminhas q passams.
Naum canso d dizer à ele o quanto amo ele,beijo e abraço ele o tp td,no momento estou desempregada pq ele estava com problemas na escola, então achei melhor me dedicar a ele nesse momento,logo entra as férias e vamos ver se ele vai querer ir p ksa da vó Iracena ou do pai dle,então pego um emprego.
Hoje 7 de janeiro de 09, ontem o Gu foi p campinas passar o restinho das férias, vou aproveitar esse mês p procurar um trabalho e uma pessoa de confiança p cuidar dele qnd voltar,o combinado é q ele volte até dia 8 de fevereiro,pq dia 9 começa as aulas.
Ele está bem, melhorou mt o comportament acho q foi só uma fase ruim.
O Gu ainda ta passando férias com o Pai em Campinas,to morrendo d saudad,tenho ligado p ele algumas vezes e parece estar feliz,ganhou mts presentes,mas confesso q ele ta fazendo mt falta aki.








Bom hoje é 21 de abril de 2009,o meu filho veio de campinas, dia 9 de fevereiro ,as aulas começaram e com ela os problemas tmb,não entendia o que estava havendo com o Gu.Ele tem dado mts problemas de comportamento na escola,tds os dias vem reclamação,as coisas foram ficando cada vez mais complicada.Tive q sair do meu trabalho pq quase tds os dias era chamada na escola,um dia qnd cheguei meu portão estava quebrado pq ele tinha mexido com algumas crianças na rua no caminho da escola p ksa e correu p ksa, então esses meninos vieram atráz dele e quebraram meu portão querendo entrar em ksa p bater nele.
Sempre dizia p diretora que eu não sabia de onde vinha tantas agressividades do meu filho,pq em ksa ele era um menino querido,carinhoso,amoroso eu não tinha problemas com ele o problema era na rua e na escola.Talvez seja pq em ksa ele era único e td era dele e p/ ele.
Eu vinha desde o começo do ano conversando com meu filho,aconselhando, procuramos uma psicóloga,busquei ajuda em todos os lugares.No conselho tutelar, na secretária de educação, mudamos ele de sala, de professora mas nada surtia efeito.
Então não me restou outra alternativa a não ser pedir para que o pai dele viesse buscá-lo,imagino que uma imposição masculina vai ser bom p/ Gu,acredito q ele precisa d uma referência masculina e apesar de ter sido um cafajeste como homem,talvez o Osvaldo consiga desempenhar uma boa influência sobre o Gu e tudo melhore.
Mas juro por deus que foi com meu coração em pedaços que mandei ele p/ campinas, o Osvaldo veio buscar ele dia 9 desse mês de abril mas parece uma eternidade,tem dias em que acho q vou enlouquecer,esses dias cheguei até por um pratinho p/ ele na mesa na hora da janta e ainda abria a boca p chamar ele p jantar, então me dei conta d que eu estava sozinha em ksa,comecei a chorar desesperadamente e perdi a fome.
Só deus sabe a falta que ele ta me fazendo,mas fiz uma promessa p ele de que toda semana ele receberia uma carta ou um telefonema meu,prometi que sempre estaríamos em contato, dei minha palavra de mãe d que ele não iria ficar lá por mt tp, e q esse pouco tp q ele estivesse lá eu iria trabalhar dia e noite se fosse possível que iria arrumar nossa ksa e buscar ele logo,enquanto isso ele mudaria o comportamento e se tornaria um menino melhor.

Esses dias eu estava fazendo um checape, alguns exames pq passei por tanto extress e tanta tensão que não estava bem, mas semana que vem vou a luta,já estou com meus currículos prontos,vou batalhar e tenho certeza d que com a ajuda d deus vou encontrar um bom trabalho e cumprir mha palavra,( não demora muito e td vai fikr bem).

LOGO ESTAREMOS JUNTOS AMOR





Te amo meu filho e oro tods os dia da minha vida p q deus o abênçõe e o faça muito feliz!bb









ESCOLHENDO O DESTINO

Um certo homem perguntou ao famoso mulá Nasrudin:
“O senhor que conhece tão bem a natureza humana, já perguntou aos sábios qual o sentido da vida?”
“Achar”.
“Achar o que?”
“Você acha que as coisas deviam estar bem e elas não estão, então chama isso de falta de sorte. Você acha que as coisas não estão tão ruins quanto pensava, e considera-se afortunado. Você acha que pode controlar o seu trabalho, e passa a acreditar que tem talento e intuição. Você acha que o futuro terminou sendo pior do que esperava, e chama isso de destino”.
“Passa a vida achando coisas, ao invés de encará-las como são”.

"Recomeçar"

Já teve aquele momento em que teve vontade de nascer de novo?

Pois é como naum da melhor levantar a kbeça,sacodir a poeira e seguir em frente.Se vc como eu as vezes vive nostálgica, achando a melhor fase da sua vida ja passou, engano sempre podemos viver melhores momentos.

Vc só saberá o que tem pela frente se prosseguir, naum tem sido

fácil, mas ......


  • A vida continua!