contador

rastreador

Follow by Email

Páginas

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Ser feliz

Eu reconheço, que tenho um acúmulo de fracassos, maior do que eu gostaria de admitir. Foram amores perdidos, oportunidades desperdiçadas, propostas recusadas, idéias frustadas, momentos desconfortáveis, e tudo isso em apenas 1/4 da minha existência. Talvez coloque tudo na “conta da experiência” ou talvez não. fato é, que arrisquei, tentei, lutei, não, isso não é uma justificativa, não adianta mentir pra mim mesmo em querer pensar que é isso que importa. Mas enquanto me preocupava com derrotas passadas, esqueci, de tudo aquilo que de alguma maneira, nem percebi que conquistei. Isso que chamamos de vida, passa rápido demais pra deixar que inseguranças te impeçam de arriscar. e se tem uma coisa em comum, que todos esses fracassos me ensinaram, é que o tempo, sempre está a seu favor. Sejamos otimistas a pensar que hoje não deu, mas amanha quem sabe… com ou sem experiência, aprendendo ou não aprendendo, viva! já cometi os mesmo erros um milhão de vezes e sabe, obvio que queria acertar, que deveria aprender, e talvez ainda vá, mas sou humana, sou teimosa, e Einstein me ensinou que com essa tal relatividade, certo pra um, errado pra outros, e generalizar opiniões, ou situações, é um “erro” ? Sei lá, diferente da matemática em que 1+1 tem que ser dois, da sua vida, e seus resultados, o certo é … ser feliz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário