contador

rastreador

Follow by Email

Páginas

sábado, 21 de julho de 2012

eu

"Desde que eu me entendo por gente é assim. Eu sempre me senti um pedaço de coisa qualquer dissidente do seio seguro, um trecho provisório consertando estragos, um conforto habitual que nunca pagou pau pra ver um romance até o fim. Nada de laços ou nós. Nunca fui fã de ninguém dando pitaco nas minhas camisas, no meu cabelo ou nas minhas lentes embaçadas de gordura. Nunca fui bom em manter escovas de dentes juntas. Me apaixono com o pé no cento e vinte porque eu sei que a gasolina acaba, uma hora ou outra, no meio do caminho". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário