contador

rastreador

Follow by Email

Páginas

terça-feira, 16 de abril de 2013

Escravidão

 Se eu for para algum lugar, quando tudo isso chegar ao fim, sei que vou encontrar pessoas com as quais tenho alguma afinidade. Porque o céu me parece mais uma congregação de gente que passou a vida inteira com medo de dar vazão a seus reais sentimentos. Aprisionados a conceitos que anulam suas individualidades em troca de uma salvação, de um perdão, de uma aceitação que beira a paranóia. 

Se sei o valor de fazer o bem e de colocá-lo em prática, é porque o faço apenas pelo prazer e não em troca de uma recompensa. 

Esse paraíso que vendem por ai me parece mais um colégio interno. 
Então... vou continuar vivendo o que me faz sentir vivo, sem medo de estar sendo julgado por esses senhores. 

Dizem que o inferno é aqui - pode ser. Mas a monotonia é uma prisão que me parece pior. 
Sendo assim... 

Melhor aproveitar o que se tem aqui e agora. 
E que o amor nos liberte da escravidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário