contador

rastreador

Follow by Email

Páginas

terça-feira, 16 de abril de 2013

Essa não é você




Então o mundo te entope de responsabilidades e obrigações. E dizem que estas sendo julgada por um Deus todo poderoso que analisa cada um de seus passos. Que se vc não fizer exatamente o que mandam as regras serás punido e enviado para um tormento eterno de dor, angustia, incompreensão e queimará no fogo do inferno. E te impõem uma série de missões, conceitos, expectativas, ansiedades para que vc seja um exemplo. E te cobram. E jogam na tua cara quando por ventura vc comete algum erro. Mas o mundo funciona para o fracasso coletivo. Estimulando a competição onde alguém sempre sairá perdedor, e para os perdedores não há glórias, só cobranças. As cobranças chegam de todos os lados, em forma de contas, impostos, deveres sociais, conjugais, afetivos e provindas das mais diversas fontes. 
Vc já é um adulta. Precisa colocar a vida em ordem. Acordar cedo, trabalhar, produzir e se tornar alguém digna de elogios. Educar teus filhos, fazer amor com a seu marido , ser fiel, dócil, tolerante e amiga. Se tiverer uma religião melhor. Alguém para lhe indicar os caminhos. Dizem que no meio da escuridão, crer em algo superior é como ter uma lanterna nas mãos. Então vc assiste a TV e tem o desejo de ser como aqueles que estão lá dentro. Belo, famoso, cheio de amigos, muito dinheiro, mordomias e te lembras que nada disso combina com o teu cotidiano. Porém, não custa sonhar. Faz uma fé no jogo de azar do Governo, sabe que não vai ganhar merda nenhuma, mas aposta mesmo assim. Tem um time do coração e na época da copa do mundo tira a bandeira do Brasil mofada do armário e coloca na janela de casa. Discute política no botequim, mas ta cagando para o que acontece nos bastidores do legislativo.


Tu tens vontade de mandar tudo pra casa do caralho e viver no interior de uma cidade ao sul de qualquer lugar que tenha clima de verão o ano todo. Mas não tem coragem. Vc fica com raiva  do teu chefe e imagina cada detalhe sórdido desse que seria o dia da redenção de seus deveres com a empresa onde trabalha apenas pelo salário de bosta que lhe oferecem, mesmo depois de ter cursado uma faculdade e recebido um diploma. Isso não presta pra nada. Tu te lembras do taxista engenheiro que conversou contigo a última corrida inteira se vangloriando de conseguir pagar a faculdade das filhas, fazendo jornada dupla na direção de um veículo que nem a ele pertence. Quando chega a noite pega uns comprimidos para dormir e chapa na cama.

Certo dia, vc acorda de madrugada assustada e suando frio. Teve um pesadelo real. Tudo parecia real. Chegou a sentir o cheiro do cabelo queimado. Conclui que nada faz sentido se comparado com sua vida atual. Reflete um pouco mais e conclui que não faz o menor sentido se comparado com seus sonhos.

Você queria um lugar de destaque, um salário bom, uma vida confortável, mordomias no fim de semana, uma casa para passar férias com as crianças. Mas tudo que enxerga ao seu redor nem de perto se parece com suas esperanças.

O que fazer?

Liga a TV num canal qualquer, ouve palavras e testemunhos de dezenas de fiéis sorridentes por terem alcançado uma glória divina. Cogita a hipótese, mas desiste depois do pedido do líder espiritual pelo reajuste do dízimo. Vc já deve a muita gente, não há como incluir mais uns.

Pensa em fumar um cigarro, mas se esforça para se manter longe do vício que conseguiu vencer há pouco menos de 3 meses. Sente muita fome. Volta para a cama.
Daqui a poucas horas o sol vai nascer e tua rotina monótona guiará o ponteiro do teu relógio.

Quando teus olhos começam a fechar novamente, o dia amanhece.

Lembra dos ensinamentos bíblicos e torce para que um anjo apareça com um pouco de compaixão e lhe ofereça uma nova oportunidade, mas o que recebe de brinde é uma correspondência do banco lhe convidando a aceitar um empréstimo para o carro novo ou uma casa melhor.

Vc começa a se questionar onde foi que deu o primeiro passo rumo a este destino. Procura outros culpados, mas uma voz sopra no teu ouvido que nesse julgamento a ré é você.

Liga o chuveiro, toma um banho quente.
Abre o armário, pega a mesma roupa de sempre.

Veste-se, prepara o café da manhã, come o pão com manteiga e tenta relaxar olhando o movimento dos carros pela janela.

Todos estão cumprindo seus papéis.

Distraída pensando no pesadelo da noite anterior,nem percebe como a hora voa.
Sente seu corpo despencando buraco abaixo.

No momento do Impacto.

Sente uma mão afagar seus cabelos e um beijo no Rosto.

- Amor, está tudo bem com você?

- Sim meu bem. Está tudo bem.

E começa mais um dia.
“Não precisa ser muito inteligente pra entender “.

Nenhum comentário:

Postar um comentário